São Martinho do Porto- o antes e o agora.

Estivemos uns dias em São Martinho do Porto. Para quem não sabe, esta vila está localizada na costa Oeste, a 100 km ao norte de Lisboa e a 15 Km ao sul da Nazaré e é banhada por uma baía única em forma de concha.

Enquanto por lá andámos tentei mentalmente fazer um apanhado do que é bom, o que vale a pena fazer, onde ir, o que comer. Encontrei muitas coisas boas, lembrei-me de boas dicas para escrever, registei o que poderia escrever, mas quando me sentei para aqui deixar esse resultado, cheguei à conclusão que aquilo que sempre gostei em São Martinho são os amigos, os reencontros anuais com quem gosto tanto.

Fui para São Martinho sempre como convidada. Quando miúda era a Maria, a Tia Guida, o Tio Zé Guilherme e a sua enorme família quem me recebia. Acho que nunca lhes agradeci como devia, até porque é difícil agradecer a impressão digital que deixaram em mim. Fazem parte da minha adolescência feliz e estou-lhes grata por isso.

Eram dias óptimos, ainda hoje me lembro dos jogos de Verão e dos seu famoso hino “São Martinho, é o lugar que temos no coração…” Nessa altura, a rua dos cafés estava sempre lotada. Não haviam prédios altos (senão lá para o fim da baía), nem lojas.  Os dias eram passados entre idas à baía, logo ali à saída das casas, ou à praia do Salgado e os seus banhos de balde, porque o mar era bravíssimo e o medo era muito. Há noite, esperávamos pacientemente em casa que fossem horas de sair, não se usava sair cedo (e nós respeitávamos esse código)…já tarde íamos ao GreenHill ou ao Sítio da Várzea e voltávamos ao amanhecer, sempre em grupo, com uma breve paragem em Alfeizerão para um bolo. Cada um com os da sua idade, havia um grande respeito pelas gerações acima.

Hoje é diferente. A rua dos cafés está diferente, muitos cafés fecharam, incluindo a famosa sala de jogos. Esta rua outrora apinhada, está agora mais esquecida, com poucas mesas ocupadas. A marginal, completamente às escuras antigamente, parece o Algarve, cheia de pessoas, prédios altos, vida, de luzes (será bom?).

A praia continua igual(que bom), as famílias e as suas 2 e 3 gerações, as barracas de riscas, as cadeiras espalhadas, a conversa animada de quem quer saber novidades, pondo assim a “conversa em dia”, as exclamações sobre o crescimentos dos filhos dos amigos e as brincadeiras dos mais novos.

Este ano na casa da prima Ana e do João, o dia especial foram os anos da Ana, com direito a um bolo na praia, feito de bolas de berlim (70 no total!!!) da oficina do doce, em Alfeizerão. um divertimento e uma delicia!

O que as miúdas mais gostaram foram os jogos de praia – jogar ao Mata com o Ring (objecto de borracha que tratámos de comprar, numa loja ao sair da praia), entre dezenas de crianças com todas as idades.

Se há coisa boa em São Martinho é ver as nossas crianças brincar com os filhos dos nossos amigos. Há 20 anos éramos nós e agora eles, perpetuado um saber viver bom e saudável.

O que fazer ou provar em São Martinho do Porto (a minha escolha):

  • Caminhar pela praia até às dunas em Salir do Porto
  • Fazer um piquenique em família e com amigos nas dunas.
  • Ir ao mercado comprar pão, legumes e outros produtos locais
  • Provar o doce Miss Daisy ou ir à Pastelaria Cocha (na zona alta da vila) e experimentar os seus bolos.
  • Comprar um bolo na praia à eterna D.ª Cecília.
  • Comer uma Crise na rua dos cafés (prato típico e muito simples feito de batatas fritas, salsichas e ovo estrelado)
  • Comprar gomas com a miudagem também na rua dos cafés
  • Jantar no “Pesca do Prato” no cais em frente à baía, para um maravilhoso peixe à bolhão pato. (ver tripadvisor)
  • Ir ao Pesqueiro 25 (antiga Caravela), para comer marisco
  • Na marginal, provar as iguarias do restaurante “ó da Casa” (ver tripadvisor)
  • Perto de São Martinho, na aldeia de Cruzes, em Salir de Matos, passe pelo restaurante  Manelvina.
  • Passar o dia na praia dos salgados – uma praia entre são Martinho e Nazaré. Com o mar bravo e alguma inclinação, não é adequada para crianças mas óptima para apreciadores de tranquilidade.
  • Visitar as Caldas da Rainha e aproveitar para fazer umas compras
  • Conhecer o Clube Náutico de São Martinho do Porto, e aproveitar para fazer as actividades náuticas recreativas na praia, de vela e canoagem.
Anúncios

2 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s