Évora, uma cidade que me é tão próxima…

“Évora guarda, dentro de si, a História da humanidade”. Jornal “El País”

Se há cidade que posso falar com conhecimento de causa é da cidade de Évora.

Nasci lá, voltei já estudante universitária, e por lá andei uns 4 anos. Regressei uns anos depois para voltar a estudar e para colaborar diariamente numa instituição durante quase 2 anos.

Acho que eu e Évora, temos definitivamente uma relação, aliás em Évora ancoraram-se de forma intensa algumas das boas memórias que tenho da vida, as memórias da infância, da vida universitária, das residências de estudantes e dos amores (no singular), que marcariam irremediavelmente a minha vida.

Como não vivo lá acho que consigo olhar para ela, esta cidade incrivelmente velhinha e bonita, com olhos de turista.

Ir visitar Évora, implica deixar o carro fora das muralhas e preparar-se para calcorrear a cidade a pé. Pense em demorar-se por Évora e senti-la ao ritmo do Alentejo – devagar!

PONTO 1 – LARGAR O CARRO e começar a jornada no verde

Deixando o carro no Rossio, um espaço imenso, onde decorre habitualmente a feira, seja a feira anual da cidade ou o seu famoso mercado mensal à 2.ª terça-feira do mês, pode subir e tomar um café, um refresco ou um gelado no quiosque do jardim público. Neste jardim, coexistem árvores centenárias, pavões, patos,  cisnes, e outros de forma  bastante tranquila e até romântica. Este jardim liga-se à mata e ao parque infantil da cidade. Vai com crianças? Espreitem essas duas zonas! Tem uma ludoteca e um pequeno museu do brinquedo.

É também neste espaço que se pode encontrar o coreto num ambiente revivalista do sec. XIX e o Palácio de D. Manuel, um lindo edifício do séc. XVI. Se houver alguma exposição ou evento, aproveite para entrar.

PONTO 2 – CAPELA DOS OSSOS

A partir do jardim, pode ir diretamente à Igreja de S. Francisco e à Capela dos Ossos. Não me vou alongar a descreve-los, nem pretendo fazer isso. Existem imensos sites, com descrições muitos completas. Gostava apenas de reafirmar que vale a pena entrar. Foi recentemente remodelado e está agora magnifico para quem queira visitar. A capela dos ossos, pode impressionar e até arrepiar os mais sensíveis, mas ainda assim é parte da história desta cidade.

PONTO 3 – O CORAÇÃO DA CIDADE

Logo depois suba pelas ruas estreitas desta cidade até à famosa Praça do Giraldo. E aproveite para parar e apreciar a praça, a sua fonte, a Igreja de Sto Antão e alguma animação que esteja a decorrer por lá. Geralmente, qual eira ao sol, esta é uma praça plena de luz, tão ao jeito alentejano, embora no Verão possa ser sufocante. Se for esse o caso, refugie-se nas arcadas da cidade, a partir das quais estará protegido “faça chuva ou faça sol”.

Prove uma queijada no famoso café Arcada e compre um livro na Papelaria Nazaré, a mais antiga da cidade. Se quiser um guia ou saber alguma informação turística é aqui, na Praça do Giraldo, que fica o posto de turismo.

Ponto 4 – Para cima … ao Templo Romano ou Templo de Diana

Qual rosa dos ventos com as suas várias direções, também agora é difícil decidir se vamos para norte em direção ao templo de Diana e à Sé, para Este uma zona de compras e comercio local, para Oeste em direção às Portas de Moura e Igreja da Misericórdia…. Vamos para Norte e vamos pela rua 5 de Outubro. Esta rua é muito emblemática, com várias lojas de artesanato e casas bonitas. Há aqui uma loja que adoro – Gente da Minha Terra. Na curva da Rua de Burgos com a Rua 5 de Outubro. Por cima um hostel que também recomendo.

Mas voltando à loja,  “Gente da Minha Terra” é uma loja inspiradora, onde entramos, respiramos bom gosto e ficamos envolvidos numa atmosfera de cheiros, sons e intimismo. Onde os nossos produtos locais têm aqui o marketing perfeito porque os valoriza e os homenageia como merecem é esta a loja de que falo. https://www.facebook.com/gentedaminhaterraevora

Seguimos e chegamos ao topo e aqui tanto para ver. A cidade de Évora é um autentico museu vivo, desculpem a recorrência e a repetição mas a escolha é imensa.

Adiante o Templo Diana que se ergue lateral sobrepondo-se a tudo o que o envolve de uma forma intensa, como que reclamando a sua antiguidade, desde a época romana até aos nossos dias.

Mas cá em cima no alto há muito mais para ver, a Sé Catedral de Évora, com a possibilidade de fazer uma visita guiada, o Fórum e a Fundação Eugénio de Almeida, com a sua importante e já reconhecida programação cultural, a Biblioteca Pública de Évora, o Museu de Évora e ainda a bonita Pousada dos Lóios do grupo Pestana.

Talvez seja hora de parar para almoçar ou quiçá jantar e aqui tantas escolhas, para todos os gostos, tipos de grupos e horas! Se for hora de almoço, quiser permanecer no centro da cidade e estiver bom tempo, poderá almoçar numa das esplanadas na praça do Sertório, onde fica a Câmara Municipal, nas esplanadas da Praça do Giraldo ou ainda na rua Alcárcova de Baixo, que tem imensas esplanadas e restaurantes muito agradáveis.

Restaurante indoor? São tantos que eu vou deixar uma pequena lista dos que conheço e gostei. Mas ir ao TripAdvisor é sempre uma hipótese que deve considerar.

A minha lista:

Louro Tapas Bar e Restaurante – Bons pratos, tapas e petiscos, e sushi à quinta feira fantástico.

Botequim da Mouraria – ao balcão

Restaurante Fialho – Um ex-libris em Évora.

Tasquinha do Oliveira – degustação.

Mar d’Ar Aqueduto – pelo sushi

Pizzaria Di Casa, na Rua do Muro – se vai com crianças em grupo alargado

 

Mais atrações em Évora.

– Ver a Universidade de Évora, indo até ao edifício principal do Espírito Santo.

universidade.jpg

– Visitar o Cromeleque dos Almendres entre Évora e Montemor-o-Novo

cromalm02

– Conhecer um restaurante/albergue vegetariano ao lado da Fundação Eugénio de Almeida (pátio de S. Miguel)

– Percorrer a pé a trilha do Aqueduto Água de Prata  – http://www.evora.net/percursos/folheto_PercursoAguaPrata.pdf

Deixo aqui um desafio, um pedido e uma ajuda. Quem me lê…se é de Évora ou por lá anda no seu dia-a-dia, deixe aqui as suas dicas. Como se diz por ai: “Juntos vamos mais longe”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s